Política

Casa Civil inicia a ‘faxina’ e exonera servidores para fazer “despetização do governo”

Casa Civil inicia a ‘faxina’ e exonera servidores para fazer “despetização do governo”

03/01/2019 13:32

Da Redação do Blog com informações de O Globo

Foi publicada nesta quinta-feira (03) no Diário Oficial portaria, a exoneração de todos os ocupantes dos cargos de confiança do Ministério da Casa Civil, um dia após o ministro-chefe, Onyx Lorenzoni , prometer uma “despetização” do Brasil. 

Onyx disse que iria afastar cerca de 320 servidores . O D.O. não traz os nomes nem o número preciso de funcionários. O texto é genérico e se aplica a todos que estavam nos cargos com as chamadas gratificações abaixo de DAS 6.

“Os ocupantes no âmbito da Casa Civil da Presidência da República em 31 de dezembro de 2018 de cargos em comissão ou funções de confiança de nível hierárquico igual ou inferior ao nível seis do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores – DAS ficam exonerados ou dispensados”, diz a portaria.

De acordo com o ato, no prazo de sete dias o ministro irá escolher quem serão os poupados e poderão voltar aos cargos que ocupavam na gestão de Michel Temer. A faxina geral poupou os ocupantes da Secretaria de Assuntos Jurídicos que é a área da Casa Civil responsável pela edição de todas as medidas da Presidência da República, como decretos, portarias e Medidas Provisórias.

“Vamos retirar de perto da administração pública federal todos aqueles que têm marca ideológica clara. Nós todos sabemos do aparelhamento que foi feito principalmente do governo federal nos quase 14 anos que o PT aqui ficou”, disse Onyx, ontem.

O ministro alegou que a exoneração em massa seria para evitar uma “caça às bruxas.”

Opine e entre na discussão