Geral

As histórias de Sandro Moreyra, botafoguense e irrequieto cronista, nesse domingo na Bienal

As histórias de Sandro Moreyra, botafoguense e irrequieto cronista, nesse domingo na Bienal

07/10/2017 15:40


Por Ricardo Antunes

O autor da biografia de Belchior, Jotabê Medeiros, vai fazer o debate desse domingo com um dos maiores craques do jornalismo brasileiro. Paulo César Guimarães, jornalista, ex O Globo que passou pelas principais redações do Brasil traz a Bienal a biografia de Sandro Moreyra: “Um autor a procura de um personagem. Ela que narra a trajetória de um dos mais fascinantes jornalistas e cronistas brasileiros. Botafoguense, conhecido pelo bom humor e pelo bronzeado com que aportava na antiga redação do Jornal do Brasil, Sandro Moreyra, além de jornalista dos bons era amigo e parceiro de figuras como João Saldanha, Heleno de Freitas e Sergio Porto

. Uma geração da época romântica do futebol e do jornalismo. PC Guimarães teve a ajuda de dezenas de depoimentos para narrar a história do inesquecível Sandro Moreyra, sua relação com a politica, com seu time de coração e com sua saudosa escola de samba: A Mangueira. Com o sucesso da obra, PC Guimarães já inciou o trabalho para uma outra biografia que tem sucesso garantido. A do saudoso jornalista e ex-diretor de jornalismo da TV Globo, Armando Nogueira. Eu faço a mediação do debate na primeira atividade da Bienal Internacional do Livro desse domingo ás 10 horas no Espaço Círculo de Idéias. Conto com vocês.

Opine e entre na discussão