Geral

Emerson Leônidas  afirma que promotor Ricardo Lapenda e Policia Civil  agiram de forma truculenta

Emerson Leônidas afirma que promotor Ricardo Lapenda e Policia Civil agiram de forma truculenta

09/08/2018 14:24

Por Rafael Duarte

O advogado Emerson Leônidas manifestou sua indignação com a ação que culminou no arrombamento da residência do promotor  Marcellus Ugiette. Na ocasião, estavam presentes os três netos, os dois filhos, a esposa e o irmão, além do próprio promotor que em nenhum momento reagiu diante da abordagem “insólita”.

Ele  reafirmou que os agentes e procuradores estiveram presentes na residência do promotor às cinco horas da manhã para cumprirem  um mandato de busca e apreensão.

“Dr. Marcellus está no Ministério Público há 33 anos, o  Dr. Ricardo Lapenda e o Dr. Fred o conhecem há muitos anos. Eles não poderiam ter  feito nem com todas as provas do mundo imaginem sem nada? Agiram de forma truculenta. Nem acusado, formalmente ele é “, disparou.

Por sua vez, Ugiette se emocionou ao explicar detalhes sobre da invasão de sua residência,  principalmente pela “experiência traumática”  vivenciada pela família e principalmente pelos netos mais novos, que estavam no momento da ação e disse que “perdoava os excessos cometidos”.

“Isso não se perdoa, Dr. Marcellus. Quem perdoa é Deus”, interrompeu o advogado que disse que vai levar o caso ao Conselho Nacional de Justiça do MP.

Na coletiva, mais  de 30 advogados e os principais veículos de comunicação foram emprestar seu apoio ao promotor Marcellus Ugiette  que agradeceu as centenas de mensagens que vem recebendo, através de telefonemas e de mensagens nas redes sociais.

Detalhe apurado pelo blog: O promotor não tem carro próprio e mora de aluguel.

 

Comentários

Lana Neto - 11 de agosto de 2018

Tudo tem que ser apurado essa truculência maldosa, humilhante e todos envolvidos penalizados de fato e execrados a população que clama por justiça.
Imagino tudo a polícia civil que fabrica o bandido que não respeita nem Deus e a banda mp contra Marcellus MP penalizada em seus atos.

[Reply]

Opine e entre na discussão